Mas, por que registrar marca no INPI?

O INPI, Instituto Nacional da Propriedade Industrial, é o órgão responsável pelo registro de marca no Brasil. As marcas registradas no INPI, após a concessão, recebem um certificado de registro Nacional.

É importante ressaltar que poucas empresas são registradas no órgão, isso porque o registro não é obrigatório para o funcionamento da empresa, diferente de licenças alvarás, permissões, etc.

Também podemos dizer que é um processo um tanto quanto demorado. Então, porque registrar marca no INPI se nem mesmo é obrigatório?

Muitos empreendedores acreditam que para começar um negócio basta ter uma ideia e iniciar, colocando tudo em prática. Mas não é bem assim, após se ter a ideia, o aconselhável é procurar o INPI para registrar sua patente (quando for o caso de invenções), desenho industrial( quando for o caso de um design original de um produto) ou marca (quando se tratar de um nome ou logotipo que identifique o produto ou serviço prestado)e ganhar um certificado Nacional de registro,  assim protegendo seu ativo intelectual (isso mesmo, marca, patente ou qualquer outro registro no INPI será um patrimônio seu ou da sua empresa, que poderá ser vendido ou licenciado).

Atenção: antes de registrar faça uma busca gratuita no INPI contando com o suporte da Apolo Marcas, ou, ainda, aprenda a fazer uma consulta de marcas no INPI de forma profissional com a ajuda de um e-book que preparamos para você aprender todos os segredos e dicas de um registro profissional de marcas.

A importância de Registrar a Marca no INPI:

É fato, que o registro de marca no INPI é de suma importância para integridade do seu negócio, e como é um processo um tanto quanto demorado, é aconselhável iniciar o quanto antes.

Devido à alta concorrência e ao grande número de empresas de mesmo seguimento e também de tamanhos variados, é quase impossível estar protegido de plágio de ideia, visto que em todo território nacional pode sim existir uma empresa do mesmo seguimento que o seu com um nome fantasia igual ou parecido. E como o sistema de registro de marca no Brasil é atributivo: quem entrar primeiro com o pedido de registro de marca (ou de patente, desenho industrial) terá a exclusividade absoluta de uso e exploração (no caso das patentes e desenhos industriais é por um tempo determinado, no caso do registro de marcas pode ser vitalício caso haja interesse do titular).

Nesse contexto, imagine que você possui uma ideia inovadora, porém, você mora no Sul do país, alguém do norte vem visitar sua cidade, e se depara com sua ideia, se essa pessoa levar a ideia para sua região, e não deixar com que se espalhe muito, dentro de pouco tempo vai ter tanto sucesso quanto você. E se ela registrar e você não? O que pode acontecer?

Você pode perder o direito de usar a marca ou patente (e ainda pode ser processado judicialmente requerendo indenização retroativa)

Por isso registro de marca no INPI é tão crucial para o sucesso do seu negócio. Além de agregar muito mais valor ao seu produto ou serviço.

Veja também, este artigo onde citamos 5 razões para registrar sua marca agora mesmo.

Copiar é crime!

Nunca queira ter uma ideia copiando de outra pessoa, isso é ilegal, e mesmo sabendo que se uma marca não está registrada no INPI e você pode registrar como se fosse o autor, aconselho a não fazer isso, as consequência são muitas.

Seja honesto consigo mesmo, e não sofra as consequências das suas ações, estude e tenha uma ideia própria.

Copiaram minha ideia, e ela está registrada no INPI, o que eu faço?

Primeiro, fique feliz pelo fato da sua ideia estar registrada no INPI, isso é algo que vai lhe ajudar muito. Garante o direito de indenização e todas as consequências legais contra o contrafator. Nesse caso você terá duas opções:

1º Acionar o a justiça e relatar tudo o que está acontecendo, dessa forma o órgão vai orientar você e tomar todas as atitudes necessárias.

2º Conversar com o outro empreendedor e fazer um acordo, talvez você tenha algo que ele não tenha e ele tenha algo que você não possui, vocês podem se ajudar, ou notificar extrajudicialmente que cesse a utilização da sua marca registrada.

Patentes

Quem possui uma boa ideia precisa correr ao INPI e registrar essa ideia, já houve casos de pessoas plagiarem a ideia e registrarem ela no INPI, como se eles estivessem sido os criadores, por isso é importante ficar atento.

Saiba mais sobre patentes aqui.

E, atenção empreendedor digital!

O número de empreendedores digitais está crescendo a cada dia, diante da realidade econômica atual, temos que dizer que empreender no meio digital é uma ótima opção, e como em todos os outros mercados, na internet, também existe muito plágio.

Quem pretende ter um site, e já possui uma ideia, é aconselhável que registre primeiramente a marca do seu blog, canal no Youtube, página no Facebook, etc. Na internet, é chamado de domínio ou mesmo de URL, que é o link de alguma página que vai redirecionar para seu site, blog, página.

E quando se trata de registro na internet, o processo é bem mais simples e menos demorado, porém, a importância é a mesma.

Por isso, esteja ciente que você deve registrar o seu domínio na internet além do registro da sua marca.

E, se você quiser aprender todos os segredos e dicas para uma consulta e registro de marcas de forma profissional, baixe aqui um e-book especial que a Apolo preparou para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *