Golpe do Registro de marca: Não Seja Enganado(a)!

Não é de hoje que pessoas tentam dar golpes em outras para se aproveitarem de uma situação frágil ou que tenha pouco conhecimento. Existem muitos golpes envolvendo boletos, por exemplo, que podem enganar muitas pessoas. Mas se engana quem acha que esse tipo de coisa acontece apenas com pessoas físicas. Uma prática que infelizmente tem se tornado muito comum é conhecida como golpe de registro de marca ou golpe do boleto INPI, que parece bastante convincente para as empresas e acaba enganando muitas delas.

Mas o que é esse golpe? Como ele é feito? O que é preciso saber para evitá-lo? Como ter certeza de que se trata de um golpe?

Realmente são muitas as questões que temos para pensar acerca desse tema, por isso, escrevemos esse artigo para que você possa tirar suas principais dúvidas e entender de uma vez por todas como não cair no golpe do boleto INPI ou de ligação para registro de marca, entre outros tipos comuns envolvendo o registro de marcas e patentes.

O que é o golpe do registro de marca?

O golpe de registro de marca, também conhecido como golpe do boleto ou golpe do boleto INPI, é uma forma que algumas pessoas encontram de enganar outras, alertando-as sobre uma suposta empresa que vai tomar o nome da sua marca se você não entrar com um pedido de registro imediatamente, além de pagar um boleto que eles te enviam.

Uma outra forma de golpe que é até mais comum é o simples envio do boleto por e-mail ou até mesmo por correspondência após você abrir um processo de registro de marca.

Isso ocorre porque a divulgação dos dados pelo INPI é obrigatória e todos podem ter acesso a informações sobre o seu registro. Essas pessoas, então, se aproveitam disso e tentam te enganar fazendo cobranças que não existem.

Esse boleto, por exemplo, sempre vem acompanhado de uma mensagem bastante formal, o que passa a ideia de que se trata de um órgão oficial que está realizando a cobrança.

Por que esse golpe existe?

A razão para que esses golpes sejam tão comuns é bem simples. Além de existirem informações que são públicas, como já dissemos anteriormente, também temos que levar em conta outros fatores, como a fácil persuasão com quem não conhece muito bem o processo de registro de marcas – isso para não citar também a verossimilhança, já que quem pratica o golpe do boleto INPI transmite uma sensação de algo legítimo e oficial.

Nesse sentido, o que podemos fazer para que você não se prejudique quando receber uma ligação para registro de marca ou a cobrança de um boleto indevido é orientar que você conte com a ajuda de profissionais especializados no assunto para que não seja enganado de nenhuma forma.

É claro que você também deve sempre pesquisar por conta própria para obter o maior número de informações possível sobre o processo e não se prejudicar. O blog da Apolo Marcas é uma excelente fonte de consulta.

Como esse golpe é feito?

Existem diversas formas do golpe de registro de marca ser aplicado. Ele pode chegar como uma mensagem como se fosse do órgão oficial do governo, pode ser uma ligação para registro de marca feita por uma empresa de nome fictício ou até mesmo realizado por etapas, fazendo com que seu medo de perder sua marca cresça mais ainda.

Quando alguém mal-intencionado tem acesso aos seus dados no registro do INPI, pode enviar um boleto dizendo que sua marca foi publicada. Muitas pessoas acabam caindo nisso por não saberem de algumas informações básicas.

O que você deve saber é que não existem boletos emitidos pelo INPI e qualquer documento de pagamento é emitido direto pelo sistema deles através de uma GRU (guia de recolhimento). Ou seja, boleto INPI é golpe com certeza.

Outra forma do golpe ser aplicado é quando você recebe uma ligação para registrar marca de alguma empresa que diz que você precisa realizar um pagamento no mesmo dia para que outra empresa não tome o nome para si.

Além de já termos avisado aqui que um boleto INPI é golpe, você também deve saber que o processo não funciona dessa forma. Informe-se sempre com a empresa que está te ajudando nisso, como a Apolo Marcas, ou com o próprio INPI. Se qualquer outra pessoa entrar em contato com você por causa disso, desconfie.

Características do golpe do boleto

Existem alguns traços nas mensagens ou nas ligações que podem indicar que se trata de um golpe. Algumas das principais características que você pode notar são:

  • Na ligação, a pessoa não é muito clara sobre a empresa que representa, nem sobre seu próprio nome;
  • A empresa liga mais de uma vez, com o valor podendo subir ainda mais por conta de a situação de registro ter se complicado;
  • Quando chega um boleto de cobrança, já que qualquer boleto INPI é golpe.

Sabendo dessas coisas, você consegue identificar com mais facilidade um golpe. Mas existem outras táticas para evita-lo que vamos abordar aqui também.

Como evitar o golpe do boleto?

Agora que você já entendeu o que é o golpe do boleto, como ele é feito e quais são as principais características para identificar se uma ligação para registrar marca é golpe ou não, você já pode conferir nossas dicas sobre como evitar esse tipo de golpe e não ser mais uma vítima na mão de pessoas mal-intencionadas. Além de pesquisar a empresa que ligou pra você ou enviou o boleto no Google  ou sites como o “Reclame Aqui” , você também deve:

  • Entenda o processo
  • Fazer perguntas-chave
  • Verificar informações na junta comercial
  • Ligar para a assessoria que está cuidando do seu processo, se for o caso
  • Não pagar nada sem ter certeza

 

Vamos falar sobre cada uma separadamente para que você tenha ainda mais informações sobre como evitar esses diversos golpes.

Entenda o processo

Entender como funciona todo o processo de registro de marcas e patentes é a coisa mais importante para você não cair em nenhum tipo de golpe. Existem certas coisas, como saber que o INPI não emite boleto em nenhuma hipótese, como já falamos nesse texto, que podem te ajudar não só a desconfiar, mas a ter certeza de que se trata de algo não legítimo. Em outras palavras, ao saber que boleto INPI é golpe, fica mais fácil não cair.

Outras coisas importantes que você deve saber são detalhes como os preços a serem pagos em cada parte do processo, seus direitos no que diz respeito ao registro de marcas e também quem pode ou não te cobrar alguma coisa. O conhecimento é, sem dúvidas, a sua arma mais importante para evitar o golpe de registro de marca.

Saiba quais são os contatos oficiais

Outra coisa importante que você deve fazer é saber quais são todos os contatos oficiais do INPI e em quais canais eles se comunicam.

Se você, ainda assim, ficou com dúvidas depois de uma ligação para registrar marca ou um e-mail com um boleto de cobrança, você pode acionar esses contatos oficiais para ter certeza se a mensagem é algo legítimo ou não.

Na maioria das vezes, você vai perceber que se trata de um golpe e então deverá tomar as atitudes cabíveis nesse tipo de situação.

Faça perguntas-chave

Se você desconfiar que a mensagem que recebeu pode ser um golpe, uma boa tática é fazer algumas perguntas que podem revelar ou não se há alguém mal-intencionado do outro lado da linha.

Pergunte, por exemplo, o nome da pessoa com quem está falando, para qual empresa ela trabalha e exatamente sobre o que essa cobrança é feita. Pergunte também sobre os dados que você possui e que sabe que a pessoa não pode possuir ou apenas a empresa que está te ajudando no processo.

Muitas das repostas podem fazer com que você tenha certeza de que essa ligação para registro de marca – ou outra forma de contato – é um golpe.

Verifique as informações

Uma vez que você tem todas as informações sobre quem fez a ligação para registrar marca ou quem te enviou um e-mail com cobrança, você pode verificá-las na internet facilmente.

Muitas pessoas realizam denúncias na internet sobre golpes que caíram, o que ajuda a diminuir os casos de golpe de registro de marca. A internet, nesse sentido, pode ser uma grande aliada no combate aos golpes e às enganações que muitos praticam.

Não pague nada sem ter certeza

Essa última dica para evitar o golpe de registro de marca parece até óbvia, mas é sempre importante avisarmos sobre ela, afinal, se você não pagar nada, não terá caído em um golpe.

É certo que as pessoas que costumam trabalhar com o golpe do boleto INPI, por exemplo, utilizam o medo e desespero para que você pague sem pensar direito na situação. Por isso, é sempre bom estar preparado e nunca pagar nada sem antes ter certeza de que se trata de um documento oficial do INPI ou da empresa que está te ajudando a registrar sua marca.

Aliás, se você seguir todos os outros passos já mencionados aqui, é muito difícil que faça algo sem pensar, pois já estará preparado para esse tipo de situação.

Se você souber seguir esses passos corretamente, é muito difícil que caia em um golpe de boleto INPI, exatamente porque sempre há alguma fragilidade, alguma história mal contada ou alguma mentira que parece muito ser verdade. Estar atento e estar sempre um passo à frente desse tipo de coisa ajuda – e muito – a evitar situações que podem ser prejudiciais a você.

Vale lembrar também que não é possível evitar as tentativas de golpe, pois elas podem surgir do nada várias vezes. Porém, ao identificar uma mensagem ou uma ligação suspeita, o que você deve fazer é bloquear esse número ou e-mail e cortar esse contato de uma vez por todas.

E se eu já caí no golpe?

Se você não sabia de todas essas informações e acabou caindo no golpe da ligação para registrar marca ou mesmo no golpe do boleto, ainda há coisas que você pode fazer.

A primeira e mais simples é reunir o máximo de informações que você puder sobre a empresa que você realizou o pagamento. Como já dissemos, eles normalmente se comportam com meias verdades ou mentiras travestidas de verdade e afirmam que o que fazem não é golpe.

Outra coisa bastante comum, por exemplo, é ter, em letras bem pequenas, escrito que o pagamento é opcional, pois eles podem usar isso como desculpa caso sejam processados.

A boa notícia é que mesmo com essa desculpa você ainda pode abrir um processo no PROCON, denunciando danos materiais ou até mesmo danos morais. Se você puder, contrate também um advogado para cuidar do caso, pois esse tipo de golpe é crime e precisa ser tratado como tal.

Além disso, você também pode expor sua história na internet, principalmente nas comunidades e fóruns que falam sobre registro de marcas, dizendo o nome da empresa e contando como o golpe foi aplicado. Isso pode ser de grande ajuda para outras pessoas, além de impedir que quem aplicou o golpe em você faça isso novamente.

Considerações finais

O golpe do boleto, infelizmente, é uma realidade. E apesar de existirem muitos mecanismos que podem evitar com que você caia nele, é necessário ficar atento, uma vez que as pessoas que aplicam esse tipo de golpe estão sempre inovando e buscando novas táticas para parecer que seus contatos são verdadeiros e legítimos.

O conhecimento, como já falamos anteriormente, é a principal arma para escapar disso. Portanto, nunca deixe de se atualizar sobre esse assunto para que você esteja sempre preparado para lidar com situações como essa.

Infelizmente existem pessoas mal-intencionadas em todas as partes e que vão tentar tirar proveito de situações onde você pareça frágil ou inexperiente. Porém, por outro lado, existem também pessoas que estão sempre dispostas a te ajudar e te alertar sobre os perigos existentes em diversas situações. E é a força da união dessas pessoas que pode ajudar a fazer com que o golpe de registro de marca seja uma realidade cada vez menor no nosso dia a dia.

Agora que você já tem o conhecimento necessário para identificar esse golpe e não cair nele, passe-o adiante e ajude outras pessoas a ficarem atentas. É um pequeno passo, mas que faz toda a diferença e ajuda a construir uma sociedade melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *