As 7 Etapas do Plano de Negócios Simplificado

Vamos conversar sobre plano de negócios?

Você sabe como montar um plano de negócios? Qual a sua utilidade? Neste artigo você vai aprender como montar um plano de negócios passo a passo e como analisar e identificar as oportunidades para seu empreendimento.

Quando você tem a ideia de um produto ou serviço, ou seja, um modelo de negócio, na sua cabeça já se forma a “cara da loja”, o produto, o atendimento, os uniformes e quanto dinheiro você poderá ganhar para ficar milionário, não é mesmo?

Antes de iniciar um negócio, seja negócio próprio ou franquia você deve responder a estas perguntas:

  • Quem são os meus clientes? Quais seus hábitos de consumo?
  • Qual a necessidade do meu cliente que meu produto ou serviço irá suprir?
  • Porque eles vão consumir meu produto ou serviço?
  • Como meus clientes vão conhecer minha empresa?
  • Como vou conseguir dinheiro para meu negócio?
  • Quero mesmo abrir mão do meu tempo livre e me dedicar totalmente à esse negócio?

Se você respondeu a estas perguntas, é hora de estruturar todas estas ideias no papel, no que chamamos de plano de negócios. Aqui eu vou mostrar um modelo de plano de negócios simplificado, mas que contempla as fases principais resumindo os principais pontos do plano de negócio.

Você deve estar se perguntando, mas porque eu preciso escrever este plano de negócios? Para fundamentalmente:

  • Entender como seu negócio funciona e como fazer ele prosperar;
  • Estabelecer metas alcançáveis e reais;
  • Minimizar possíveis erros de gestão;
  • Evitar o fracasso de sua empresa ou grandes prejuízos.

Lembre-se que para iniciar a construção do seu modelo de negócio, você deve ter em mente a natureza do seu empreendimento, se será um produto ou você irá oferecer um serviço.

Se for um produto que tipo é, como é produzido? Se for um serviço, de qual segmento é? Quem irá comprar seu produto ou serviço? O que você terá de diferente da sua concorrência?

Nesta etapa o ideal é que você estruture suas ideias contando com a ajuda especializada, como o SEBRAE, onde você encontra orientação além de material técnico adequado sobre como fazer um plano empresarial e alguns exemplos de plano de negócios .

Agora, muito importante, ter em mente quem é o seu cliente. Onde ele mora, seus hábitos e como seu negócio pode se diferenciar no mercado e atender ao seu cliente ideal para iniciar a elaboração do seu plano empresarial.

 As etapas que devem ser descritas na construção de um plano de negócios são: sumário executivo, apresentação e natureza do empreendimento, descrição do produto, financeiro, operacional, estratégias e marketing.

1. Sumário Executivo

O sumário executivo é a primeira página na ordem sequencial do plano de negócio de uma empresa.

Porém, é a última página que você deve escrever, porque é nela que irá constar todos os tópicos do documento, servindo como uma espécie de índice ou guia para o leitor do plano encontrar rapidamente o assunto do seu interesse.

Em um documento eletrônico, esta página pode estar organizada em forma de hiperlinks, para facilitar o acesso.

2. Apresentação da Empresa

Na página seguinte, você vai apresentar sua empresa. Por exemplo, uma loja de roupas, qual o nome da loja? O que ela comercializa? Para quem ela comercializa? Como será a venda? Em loja física, virtual, de porta em porta? Qual o estilo das roupas? Produção própria? Revenda de outras marcas? Onde você irá comprar os produtos? Onde estão localizados os fornecedores? Escreva o mais detalhadamente possível.

Nessa etapa, antes de sair investindo na confecção de logotipo, material de divulgação etc., faça a consulta de disponibilidade da marca  do seu produto ou serviço no INPI.

Para melhor compreensão do seu negócio, produto ou serviço é importante que nas etapas subsequentes do seu plano de negócios, você analise os pontos fortes, pontos fracos, quais as oportunidades e possíveis ameaças à sua empresa, tanto externa quanto internamente.

Esta análise chama matriz SWOT e pode lhe ajudar muito na tomada de decisões estratégicas nas próximas etapas do plano de negócios e na gestão da sua empresa.

3.  Produto

A próxima fase é a descrição do seu produto ou serviço. Para isso, sugiro você pegar uma caneta e papel e responder as seguintes perguntas:

Do que ele é produzido? Sua composição? Matéria-prima principal? É fácil de ser encontrada? Qual o principal fornecedor? Como ele é produzido? Mapeie este processo. Onde ele é produzido? Por quem é produzido? E se for um serviço? Como será oferecido? Onde? Por quem?

E seja sempre muito claro, objetivo, mas ao mesmo tempo descreva com precisão seu produto ou serviço, para que com isso você consiga entrar na segunda etapa do plano de negócios que é o planejamento financeiro.

4. Financeiro

Nesta etapa, você deve pensar na gestão financeira de sua empresa. Você deve dividir este tópico em custos, investimento, capital de giro, valor de venda e o tempo necessário para retorno do investimento. No subitem custos, pense em todos os itens e fatores do processo de produção e comercialização do produto ou serviço.

Pense em mão de obra, matéria prima, espaço físico, máquinas, equipamentos, embalagens, transporte, entrega, etc. Todos estes detalhes implicam em custos que irão impactar no cálculo do valor final de venda e no montante de investimento que deverá ser feito.

Neste tópico, deve ser descrito como será adquirido e de que forma será aplicado o capital necessário para iniciar o negócio, além de investimentos em marketing e publicidade.

Descreva se a aquisição de capital será através de empréstimos bancários ou capital próprio e em quanto tempo pretende-se que sejam quitadas dívidas e que o valor investido retorne para você.

Normalmente existem dois tipos de previsão: a otimista e a pessimista. A otimista aponta que este retorno pode ocorrer em até dois anos da inauguração e na pessimista em até cinco anos.

Tenha em mente que nenhum negócio dá lucro e se paga da noite para o dia, ok? O cálculo deste tempo é muito importante para a viabilidade do negócio. Você deve prever um salário para você, o pró-labore.

No começo, pode ser que seu salário seja menor, até por conta de todos os custos e investimentos realizados. Mas ao longo do tempo, este valor tende a aumentar conforme o rendimento da empresa.

Agora, você deve mencionar qual será o valor de venda do seu produto, sua margem de lucro, normalmente oscilando em 25 a 50% sobre o custo.

5. Operacional

No item operacional do plano de negócios, você deve descrever primeiramente como sua empresa irá funcionar, ou seja, todas as atividades necessárias para sua empresa funcionar.

Pense nos setores da empresa, quais funcionários são necessários, suas habilidades e competências, como e onde estão localizados os fornecedores, quais são as matérias primas indispensáveis, como seu negócio pretende atender às necessidades do seu cliente. Pense que seu produto ou serviço deve resolver o problema, ou a “dor” do seu cliente.

6.  Estratégia

A próxima etapa do plano de negócios refere-se às estratégias de vendas que você irá utilizar para que sua empresa alcance o sucesso desejado. Para isso você deve ter em mente duas coisas: se for você quem irá vender, prepare-se para isso, qualifique-se e faça o mesmo se você tiver uma equipe. Estabeleça metas, trace planos de vendas, crie promoções, aproxime-se de seus clientes e faça sua marca ser conhecida no mercado.

Mas não descuide da proteção da sua marca. Antes de lançar seu produto ou serviço no mercado, não esqueça de registrar sua marca no INPI antes.

Mas, de que forma você irá divulgar seu produto ou serviço e se tornar conhecido no mercado? Simples, elaborando o próximo e último item do plano de negócios, as estratégias de marketing que você irá adotar para sua empresa.

7. Marketing

Este talvez seja um dos itens mais importantes do plano de negócios é pode ajudar a definir o sucesso ou fracasso de sua empresa.  Mas calma, não é assim uma tarefa tão complicada, principalmente hoje com as ferramentas digitais, as redes sociais e a internet.

Agora que você já conhece muito bem seu cliente e seu produto ou serviço, seus custos e seu preço de venda e hora de divulgar certo?

Defina em quais canais você vai divulgar

Pense da seguinte forma: qual a rede social que meu cliente mais acessa? Provavelmente você irá começar pelo Facebook, que é uma das redes sociais que alcança o maior número de pessoas, com a maior faixa etária.

Sendo assim, você irá criar uma fan page? Vai contratar uma empresa especializada para cuidar do marketing? Se sim, isso deve constar nos custos. Pense em como serão produzidas as imagens para sua empresa, pense em produzir vídeos, pense em ter um website, defina se você fará material impresso, pense na identidade visual da empresa.

Todos estes detalhes implicarão em custos a serem computados como publicidade e marketing.  Nos primeiros anos da empresa, os custos com ações de marketing podem ser altos, para que a empresa se posicione e seja conhecida no mercado, com o tempo este custo tende a se estabilizar e pode ser maior ou menor dependendo da demanda da empresa.

Lembre-se que no marketing digital, as imagens e vídeos são na maioria das vezes mais impactantes que textos, (Mas capriche nas Headlines das ações de marketing) e que o conteúdo divulgado deve ajudar seu cliente de alguma maneira e despertar nele o interesse em compartilhar seu conteúdo, gerando espontaneamente divulgação do seu negócio.

Analise os custos e resultados!

Um outro detalhe muito importante no marketing e que implica nos custos de uma empresa diz respeito a análise de resultados de suas ações de marketing.

Sempre avalie periodicamente, para que você meça o valor investido neste item do plano de negócios.

Agora que você já sabe quais são e como se faz um plano de negócios, que tal pôr em prática aquela sua ideia de empreendimento engavetada a anos e começar a ser seu próprio patrão?

2 comentários sobre “As 7 Etapas do Plano de Negócios Simplificado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *