3 Dicas de Como Criar e Registrar Uma Marca de Roupas

Muitas pessoas pedem dicas de como escolher o nome da sua marca de roupa, de camisetas, calças, óculos, acessórios, etc.

Então, para esclarecer essa dúvida muito comum, nesse artigo vou te contar como criar um nome para uma marca de roupa ou para uma empresa que vai trabalhar no seguimento de moda e vestuário.

Leia com muita atenção esse artigo até o final caso você queira ter uma marca de roupa de sucesso. Vou contar os elementos principais para a elaboração de um bom nome, os 3 principais passos para você criar sua marca e os cuidados relacionados ao registro desse nome.

AVISO: Se você ainda não fez a busca do nome da sua marca no INPI confira aqui o passo a passo completo neste artigo.

Bom, vou começar explicando por que é importante dedicar tempo na criação do nome da sua marca de roupa:

1º Motivo: Seu consumidor compra a “Marca”.

No mercado hoje, se formos pegar todas as marcas de roupa do mundo, veremos que o valor delas é medido basicamente, sendo mais da metade pela marca, por isso, o valor da marca é um fator muito importante para a marca de roupa ou qualquer segmento, e você precisa pensar nisso se quiser tem uma marca bem-sucedida, protegida e com real valor de mercado.

2º Motivo: Você precisa se destacar da concorrência.

Na indústria da moda, a criatividade é crucial para sobreviver nesse segmento. Portanto você precisa criar uma marca que desperte curiosidade no seu cliente pelo seu produto.

3º Motivo: Todo mundo precisa de Roupas.

Querendo ou não, roupa é uma necessidade básica assim como alimento ou moradia. Todos os produtos e serviços que são a base da Pirâmide de Maslow, que representam as necessidades do ser humano, tendem a demandar um trabalho de branding mais elaborado, ou seja, para esse tipo de produto é necessária uma estratégia de imagem para a que marca seja percebida como algo especial e único.

Pirâmide da Hierarquia de necessidades de Maslow
Fig.1 Pirâmide da Hierarquia de necessidades de Maslow.

 

É por isso que é tão difícil de se destacar no mercado de moda. E por esse mesmo motivo, o papel de uma marca forte nesse seguimento, é tão importante e pode ser decisivo para o sucesso do seu empreendimento. (Já possui uma marca de roupa? Veja aqui como protege-la).

4º Motivo – A marca é a “Ponta de Lança” do seu produto

O nome e a logotipo de roupa é o principal ponto de contato da marca. Seja no primeiro contato do cliente com o seu produto, ou quando um cliente indica o produto a um amigo ou familiar.

O nome sempre está no meio desse processo, e por isso você deve se dedicar a criar um nome forte, fácil de lembrar e proteger esse nome antes de lançar a marca no mercado.

Para criar uma marca de roupa efetiva, comunique com clareza qual é o posicionamento da sua marca porque isso deve ser claro sinal da filosofia e personalidades da empresa.

“Personalidade e Filosofia? Mas isso é importante mesmo? ”

Bom, vou te contar porque é tão importante focar em personalidade e filosofia em vez de escolher o primeiro nome óbvio que vem à cabeça…

Tua cabeça trato saber qual é a melhor estratégia de nome para a marca de roupa a primeira coisa que você precisa pensar é no posicionamento de marca da sua empresa e do seu produto.

Os 6 atributos do posicionamento de marca:

1º Atributo – Atitude

Pare agora e pense, “qual é a atitude que eu quero que a minha marca de roupa traga para o mundo?”.
Você pretende passar uma atitude retrô? Uma atitude informal, ousada? É uma atitude nerd? Qual é a atitude da sua marca?

Isso é crucial porque vai ajudar comunicar para os consumidores em potencial: o que sua marca representa em quem é seu público-alvo.

2º Atributo – Características únicas do produto

Caso o seu produto tenha na composição do material algo único. Ou que as partes do seu produto são feitos de materiais incomuns ou de alta qualidade.
Digamos que seu produto sejam óculos feitos de material reciclado, ou seja camisetas com material 100% seda, etc.
O nome da sua marca pode fazer referências a essa característica incomum ajudando a posicionar melhor seu artigo de vestuário atacando um nicho bem específico e consequentemente, se destacando da concorrência.

3º Atributo – Percepção de Estilo

Sua marca de roupa pode ter uma percepção de estilo luxuosa, uma percepção de estilo mais informal, casual. Assim por diante.
Sabendo esse segundo atributo, vai te ajudar a chegar a um nome que desperte a curiosidade do seu público-alvo.

4º Atributo – História da marca

Uma história de como você criou a marca da sua roupa, se tem algum evento especial, algo que aconteceu durante a sua vida que te levou a criar a marca.  Isso pode ser contado através do nome da sua marca e ajudar no posicionamento

5º Atributo – Proposta

Digamos que a sua marca tenha uma proposta de oferecer um produto para o público “gamer” por exemplo.
Se essa for a proposta da tua marca, é preciso que o nome faça alguma referência a proposta do artigo de vestuário.

6º Atributo – Estilo de vida

Se a marca da sua roupa é para o dia a dia de uma pessoa de um grande centro urbano, ou é para praticante de surf.
São dois estilos de vida bem diferentes, e certamente esse atributo deve refletir no nome da marca para tornar o nome relevante para o tipo do público-alvo do seu produto.

Dei um exemplo bem antagônico. Mas o posicionamento da marca pode ser mais específico.

Por exemplo, seu cliente em potencial frequenta lugares luxuosos ou mais “populares”
Gosta de arte ou prefere frequentar eventos esportivos?

Todas essas considerações têm que ser levadas e conta na hora do posicionamento por Estio de Vida.

Agora, vamos abordar os 2 tipos de nome para uma marca de roupa mais utilizados na indústria da moda.

1º Tipo – Nome com ênfase no Design

Esse é o tipo de marca que talvez você queira usar. São marcas cujo o nome é composto pelo nome, ou pelo nome e sobrenome do criador dos produtos.

Atenção com esse tipo de marca…

Existem grandes marcas que surgiram através de nomes e sobrenomes dos seus criadores. Essa situação pode representar um perigo no caso de a marca crescer demais, e o fundador da empresa, por algum motivo, se afastar da empresa.

Nesse caso o fundador da marca fica impossibilitado de usar o próprio nome, em outros projetos relacionados a vestuário, pois os direitos da marca, que é o nome do fundador, está sob propriedade de terceiros.

“Mas, então quando utilizar meu nome como marca? ”

Eu pessoalmente não indicaria utilizar o nome próprio como marca pelos motivos que citei anteriormente.
Mas caso você tenha uma personalidade criativa forte, já tenha um certo reconhecimento no mercado da moda como designer, estilista, poderia sim ser interessante.

2º Tipo – Nome com ênfase na atitude

Palavras e conceitos evocativos e memoráveis.

São palavras e conceitos que evoquem sensações, ideias, conceitos.

Uma das vantagens desse tipo de marca é que ele se destaca mais quando comparado a uma marca com ênfase em designer
Esse estilo de nome se relaciona com o estilo de vida do público-alvo.

Se for compara o estilo baseado no nome, o estilo com ênfase no atributo é mais moderno e indicado para passar uma sensação dinâmica.

Os 3 erros mais comuns na criação da marca de roupa:

1º Erro – Utilizar nome da “Modinha”

O tempo vai passar, e a “modinha” do momento vai passar. No entanto a tua marca vai estar no mercado.
E caso você utilizar nomes que são de tendências do momento, quando a moda passar, o nome do seu produto vai soar ultrapassado. Por isso cuidado!

2º Erro – Sigla de nomes

Nunca utilize Sigla de nomes! Mas porquê?
Simplesmente porque esse tipo de nome é entediante… Esse tipo de marca não desperta curiosidade nenhuma no público.

3º Erro – Não consultar no INPI

Esse é um erro MUITO comum… E é muito frustrante para o empresário.
É muito como clientes entrarem em contato conosco aqui na Apolo querendo registrar sua marca, nome e logotipo desenvolvidos, e quando realizo uma busca de anterioridade rapidamente constato que já existe uma marca IGUAL.
Ai não tem jeito. Nesses casos deve-se escolher outro nome, consultar no INPI, e uma vez constatado que o nome em questão está livre, refazer todo o trabalho de branding para o transtorno não ser maior no futuro.

O que você DEVE fazer?

Para finalizar, vou te contar os 3 passos que você DEVE cumprir ao criar um nome para sua marca de roupa.

1º Elaborar uma Marca “Única”

Esse deve ser o foco de todo o seu processo de branding. Sua marca deve ser única, não deve ser baseada em marcas já existentes no mercado. Pense fora da caixa!
Só assim seu produto será referência no mercado e terá posicionamento de destaque frente aos concorrentes.

2º Identificação com o público-alvo

As pessoas, ao entrar em contato com a tua marca devem pensar “ Nossa, essa roupa tem tudo a ver com o meu estilo”.
Isso é essencial para que o cliente em potencial sinta vontade de usar seus produtos e compartilhar com os amigos que têm esse mesmo estilo, assim por diante.

3º Registrar sua marca no INPI

Não é porque trabalho com registro de marcas, mas no aspecto comercial da sua marca de roupas, esse é o passo mais importante.

Somente com o registro do nome da sua marca no INPI (órgão do governo que analisa e concede os registros de marca no Brasil) que você terá a exclusividade de uso da marca, evitando que terceiros copiem sua marca e também evitando prejuízos caso alguém registre uma marca igual a sua e te obrigue a trocar de nome. Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais você deve pedir seu registro de marca no INPI logo depois de definir o nome da sua marca de roupa.

Confira também este artigo, onde detalhei os 5 riscos que você está correndo ao não registrar sua marca.

Para pedir o registro de marca você pode solicitar sozinho no site do INPI. E para lhe auxiliar preparei um guia com o passo a passo completo para o registro caso queira fazer por conta própria.

Ou então, você pode contar também com assessoria especializada para realizar o pedido para você, seguindo todos os requisitos exigidos pelo INPI e monitorar esse pedido junto ao órgão federal.

Bom nesse artigo te contei os aspectos básicos de como criar uma marca de vestuário.

Caso você esteja pensando em lançar uma marca de roupa, ou qualquer outro tipo de produto, solicite sua consulta gratuita antes de iniciar o branding da sua marca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *